top of page

Viagem à TV

De repente, CLIQUE. Entrei pela TV. Caí numa poltrona de auditório. Povo notório, desesperado, cômodo e iludido. Ignoram até o perigo, pois lá vem a esmola em formato de avião. Quem quer dinheiro? Eu, você e a torcida do Flamengo. Feito tigres famintos brigando por um pedaço da presa, velhas senhorinhas esmurram-se umas às outras pelo dinheiro do bingo de amanhã, ou pelo carnê mágico da felicidade comprada. No palco, o apresentador promete trazer o amor perdido, o filho esquecido e até mesmo o pai desconhecido. Contanto que o povo dê vida ao espetáculo. Aqui o santo de casa faz milagre, e cobra caro. Por falar em milagre, compre agora o nosso. Que traz a saúde, beleza e juventude das profundas águas geladas da Noruega. Parcelando sua alma em suaves prestações eternas. E agora vamos pra um rápido intervalo comercial de algo que não te interessa, mas você não pode deixar de comprar. Clique novamente. Fui trocado de canal. Horário nobre. Começou o jornal. Hoje noticiamos que o país está em crescimento, mas continuamos atrasados. Porém, haverá futebol e carnaval o ano todo e será declarado feriado. As ações da educação continuam a cair sem parar. Quanto às ações da corrupção, hoje aumentaram em 100%. Professores vão às ruas para provar o novo sabor de bala oferecido gentilmente pela polícia. Borracha. O gosto é amargo, difícil de engolir, mas enche a boca. Informamos também que a culpa da violência e da miséria na favela é do tráfico. Porém, esse filho do juiz federal, que portava 1 kg de pó é só consumidor junto com seus amigos que frequentam escolas particulares. Alta sociedade. Por isso o senador vai destruir a escola do bairro pra construir o novo presídio de segurança máxima pro favelado. E a maioridade penal agora começa com 10 anos de idade. Pobre bom, é pobre preso, calado ou de preferência morto. O deputado que não declarou a mansão e o iate foi visto ontem em um vídeo íntimo com a capa da playboy do mês. E hoje aprovou a lei que concede o 18º salário do parlamentar. Justificando que sem isso teriam que ser corruptos para poder sustentar sua família. O povo sente falta de água, luz, comida, dignidade, oportunidade, educação e esperança. Mas não desanimem. Olhem essa linda imagem dessa criança sorrindo e finjam que nada aconteceu. Boa noite. Silêncio. Começou a novela. O capítulo de hoje está imperdível. A vilã sequestrará a filha da mocinha na maternidade e casará com o antigo noivo dela. Em casa uma senhora respeitável e de bons costumes acha um absurdo o beijo gay, o aborto da adolescente e o fio dental da atriz na praia. “Desnecessário mostrar isso. Só pra novela.” Mas achou sensacional e de um talento puro o ator que se encontra pelado no elevador. Pára tudo! Um tiro! Sangue! Um corpo! Quem matou? Todos são suspeitos, mas tenho certeza que foi o menos óbvio. Deixa pra lá. Agora o garotão pelado vai tomar banho com a moça de fio dental. “Ah! O amor é lindo”. Ponto alto. Ibope disparado. Audiência fixa e concentrada em cada detalhe pro filme pornô das 9 horas. Hoje aquele senhor ali assistindo vai fazer amor com a sua senhora imaginando aquele fio dental, enquanto ela grita o nome do garotão. Mas a porta do banheiro se abre. E agora? Quem será? Fim do capítulo. Não percam amanhã. No toque de 5 segundos apresentaremos o pão e circo da geração Y. Geração que não aprende nem o ABC. Bem amigos da rede controle. Estamos em definitivo aqui para te iludir. Rola a bola. E no primeiro escanteio fui chutado para fora da TV. Atordoado me levanto e caminho em direção ao aparelho para desligá-lo. Porém, já está inoperante. Percebo que nunca esteve ligada. O que estava aberta, nada mais era que a minha porta.

Yuri Cidade

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Vendaval

Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page